voltar

Fim de romance

Deixar comentário

por Daniel Baz dos Santos

Estava escrito.
A carne se repete
em comidas em trapos de boca
amadurece o estereótipo da dor
Estava escrito.
O outono quebrará sua promessa
e todas as nossas roupas
não poderão significar nada
A carne se repete
em mensagens anônimas
doses de castiçais pelo olho manso
nenhum de nós fará o último gesto de neve
que aceite a memória.
Estava escrito.
Não poderemos morrer com esta cor
nossos sonhos desejaram cedo demais
as relíquias enterradas da palavra.
Estava escrito.
teremos de testemunhar o fogo
banindo seu grito
de nossos fantasmas suarentos.
______
Texto publicado originalmente em Invitro.