voltar

Gentes

Deixar comentário

por Luiz Augusto Rocha

Tem gente que é um pote até aqui de mágoa.
Tem gente que é uma ânfora de mistério.
Tem gente que é um vaso transbordando alegria.
Tem gente que é um copo meio vazio de tristeza
e meio cheio de plena alegria.

Todas as pessoas, e eu me incluo,
são um recipiente para a angústia,
que fica à espreita
doida pra trincar a gente.

______

Texto publicado originalmente em Modesto cabotino.

voltar

Entre atos

atualizado 27 abril 2016 Deixar comentário

por Mario Rodrigues

A nossa condição se apresenta, de modo geral, muito sinceramente confortante, pela razão de a dor desta invenção não ser tão desgastante como é a dor de seu sentido contraposto, a conhecida dor humana.